quarta-feira, 29 de abril de 2009

Blogagem Coletiva: O Filme da minha Vida

Quando aceitei participar da Blogagem Coletiva do Blog Fio de Ariadne, achei que ia ser fácil escrever. Afinal, amo cinema, sempre que tenho a oportunidade de assistir filmes ali estou eu. Mas escolher um único filme. Essa está sendo a parte dificil. Bem difícil não, mas impossível. No mundo do cinema com os inúmeros filmes maravilhosos como escolher um único.

Vamos falar então de filmes presentes na minha vida.

E o Vento Levou... - Sinopse Clique Aqui
Um clássico né? Não sei explicar a ligação dele comigo, mas é um filme emocionante. Já assisti inúmeras vezes, já sei a história de trás pra frente, mas sempre parece a primeir vez e não tem como não me emocionar e chorar todas as vezes.


Dirty Dancing, Ritmo Quente
-
Sinopse Clique Aqui
Esse poderia ser o eleito. Filme que tenho em casa e só não assisto mais porque meu marido não cosnegue entender o que vejo de tão lindo nele. Sabe aquela coisa de paixão inexplicável? Assim me sinto por ele.


Dívida de Sangue - Sinopse Clique Aqui
Uma vez assisti o filme de madrugada na TV, demorei anos para lembrar o nome. Ele fez parte da minha vida, porque queria assisti-lo novamente e não sabia qual era o filme. Eu brincava que era a personagem 'Cat Ballou'. Um western com Jane Fonda, que a pessoa certinha se transforma numa fora-da-lei.


Até hoje me vejo como personagem de filme fora da minha realidade. Um mulher fazendo algo que as outras não fariam. Coisa de adolescente?? Então serei uma eterna adolescente.
Poderia aqui fazer uma lista de filmes que fizeram parte da minha vida. Cada um com seu pedacinho. Cada um com uma historia relativa a ele.

Fui ver 'A mulher do Tenente Francês' escondido no cinema. E morri de vergonha quando vi minha tia no cinema também. Lembro do episódio mas não lembro nem do que se trata o filme.
Outra curiosidade é que, sempre gostei de filmes clássicos da década de 40, 50 e 60. Uma vez passando na TV o filme 'Gigi' minha mãe me viu assistindo e mandou eu desligar a TV que aquele não era filme pra eu assistir. Fiquei com isso na cabeça achando que era um filme impróprio. Até o dia que encontrei o filme na locadora e peguei pra assistir. Ri sozinha durante vários pedaços do filme. Acho que não era pra eu assistir simplesmente por causa que ela seria educada pra ser uma cortesã.

Filmes e música, marcam a nossa vida em vários momentos e
conforme o momento que vivemos. Não tenho como eleger um só.

7 comentários:

Lulu on the Sky® disse...

Coloquei só um filme senão o post ia ficar imenso demais.
Big Beijos

Gabriela disse...

Karen,

Obrigada pela sua visita!
"E tudo o vento levou" é um clássico intemporal, maravilhoso!
"Dirty dancing" dos bons tempos da "disco sound" (tenho 50 anos, rsssss). Realmente, eu também tive dificuldade em escolher um só...
Bjsss e volte sempre (pelo menos vá buscar o "Café e o Sorriso" que ofereço a todos que me visitam).

Miguel S. G. Chammas disse...

Vc tem razão, não é possível se escolher apenas um filme. Eu não consegui como vc bem viu.
A
Fioquei contente com sua visita lá no meu cantinho de rabiscos e com o comentário. Volte sempre que quiser e puder.

Nade disse...

Obrigada pela visita no Orgulho de Ser, querida! Retribuindo, amei o seu blog, viu! Virei mais vezes, com certeza!
E o Vento Levou..., clássico! Adoro também, mas Dirty Dancing, sem comentários!
O terceiro não vi...
Serei seguidora do seu blog, ok!;)
Na última postagem, presenteio com um selinho do meu blog... Sinta-se presenteada também!
Bjs
Orgulho de Ser.

Magui disse...

...Eo vento levou é o máximo.Eu tenho o filme e o livro.Leio e vejo sempre que posso.

Leila disse...

Amo filmes.
Acho que não conseguiria escolher poucos, afinal váááários deles marcaram minha vida.
Beijos

Tathiana disse...

Adoro "E o vento levou"!
BEijocas.