quarta-feira, 4 de março de 2009

SER FELIZ OU TER RAZÃO?


Oito da noite numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo, assim como o caminho que ela conferiu no mapa antes de sair. Ele dirige o carro. Ela orienta e pede que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza que é à direita. Discutem. Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há problema algum em chegar alguns minutos mais tarde.
Mas ele ainda quer saber:
- Se você tinha tanta certeza de que eu estava tomando o caminho errado, deveria insistir um pouco mais.
Ela diz:
- Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma briga, se eu insistisse mais teríamos estragado a noite.

MORAL DA HISTÓRIA:

Esta pequena história foi contada por uma empresária durante uma palestra sobre simplicidade no mundo do trabalho. Ela usou a cena para ilustrar quanta energia nós gastamos apenas para demonstrar que temos razão, independentemente de tê-la ou não. Desde que ouvi esta história, tenho me perguntado com mais frequência: Quero ser feliz ou ter razão?

Pensemos nisso e sejamos felizes!!

(autor desconhecido)


Recebi por e-mail esse texto. E se pararmos pra analisar nossa vida, com certeza podemos tirar uma lição. E difícil, com certeza, ficarmos quietos e deixar que o outro descubra seu erro sozinho. E mais difícil ainda é não nos vangloriarmos por termos razão. Vamos ser felizes!!!

Outro pensamento parecido diz o seguinte: "Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam."

3 comentários:

T@rci disse...

Oi Karen!
Lindo texto. E a frase:"Nunca se justifique. Os amigos não precisam e os inimigos não acreditam."

Sabe que eu nunca tinha pensado nisso, nem precisamos mesmo nos justificar pros amigos, eles semore entendem nossas razões sem precisar de muitas justificativas. E o inimgos? Bom stes que fiquem bem longe.


Bjos querida!

luluonthesky disse...

Lindo texto hein?
Big Beijos

Lidiane Vasconcelos disse...

Karen

Seja muito benvinda ao Bicha Fêmea! Devo dizer que fiquei toda feliz porque percebi o quanto você gostou.

Volte sempre, please!!!!

Ah! Eu prefiro ser feliz... :D

Como você falou, não é fácil. A gente sempre é tentado a ter razão e se vangloriar por isso. Mas tudo o quanto é mal e nos faz regredir como pessoa parece ser mais fácil que o que nos eleva. A graça da vida está em não sucumbir, resistir a essas tentações e fazer força para evoluir, melhorar como pessoa...é árduo, mas é o que realmente vale a pena!

:)

Beijos.