sexta-feira, 13 de março de 2009

Cinco coisas sobre...
Baralho

1. As cartas de jogar surgiram no século 9, na China. (mais uma invenção dos chineses, rsss) Eram quatro naipes: moedas, filas de moedas, miríades de filas e dezenas de miríades.

2. No final do século 14, o baralho se espalhou pela Europa. As cartas da época eram feias à mão, praticamente esculpidas em alto relevo em blocos de madeira, o que as tornavam caras.

3. No século 20, com a invenção de um método para cobrir as cartas de papel com uma camada plastificada, o baralho tornou-se mais popular, com uma durabilidade acentuada.

4. O coringa foi uma inovação americana, e alastrou-se para a Europa juntamente com o pôquer.

5. Tudo no baralho é simbólico: as 13 cartas por naipe remetem ao número de ciclos lunares em um ano. Preto e vermelho simbolizam noite e dia. Os 4 naipes correspondem às estações do ano. As 52 cartas (sem os coringas), representam o número de semanas em um ano. Se todos os valores das cartas forem somados, mais um (que se atribui a um coringa solo), o resultado é 365, número de dias do ano.

(Fonte: Revista.AG, encartado no Jornal A Gazeta, ES. Autor: Carol Scolforo)

Segundo o Wikipedia, o baralho foi inventado pelo pintor francês jacquemin Gringonneur, sob encomenda do rei Carlos VI de França. Desenvolveu as cartas do jogo de forma que representassem as divisões sociais da França através de seus naipes: copas para representar o clero, ouro para a burguesia (formada sobretudo por comerciantes), espadas para os militares e paus para os componeses. A primeira versão tinha 78 cartas.
Mais tarde, atribuíram-se significados especificos às cartas com figuras, representando personalidades históricas e bíblicas. São elas:
Rei de Ouros: Júlio César
Rei de Espadas: rei israelita Davi
Rei de Copas: rei Carlos Magno
Rei de Paus: Alexandre, o Grande
Dama de Ouro: Raquel, esposa de Jacó
Dama de espadas: a deusa grega Atena
Dama de Copas: Judite, personagem bíblica
Dama de Paus: Elizabeth I da Inglaterra
Valete de Ouros: Sir Hector, membro da Távola Redonda
Valete de Espadas: Hogier, primo de Carlos Magno
Valete de Copas: La Hire, cavaleiro que lutou com Joana D'Arc
Valete de Paus: Sir Lancelot

Vai uma partida de Buraco aí??

6 comentários:

Vsurferr disse...

oi Karen
ficou show
topa uma partidinha...rssr
bjão

Maria disse...

Vida(...),
não para de passar.
enorme loucura,
festivais sujeitos a serem reais.

Anna disse...

Vim desejar um bom fim de semana e :

Se puder vá no gamela presentes até dia 18/03
Site: http://gamelapresentes.blogspot.com e comente que você foi conhecer o blog e eu indiquei e coloque o meu nome(Anna) e o nome do meu blog(http://www.falecomanna.blogspot.com) no comentário do gamela, assim estarei concorrendo a um lindo prato de bolo.
Ele é tão lindinho!!! Assim quem for na minha casa poderá comer bolo num prato chique!!!
Beijos

Ana Medeiros disse...

Karen, de baralho, só sei aquele joguinho que a gente vai batendo na carta qdo aparece o numero da vez...hahahahaha.

Beijocas

Tathiana disse...

AH, VAI SIM, EU ADORO! RS.
BJS.

Blog do Beagle disse...

Ouvi dizer que os naipes representam os exercitos
, mas não me lembro quais deles. Podemos jogar buraco, sim, mas eu não sou grande jogadora, não. Elza